• Partilha
  • Testes Covid-19
Luis Paiva

Luis Paiva

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Socorro e Emergência

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Emergência Social

Distribuição de Roupa e Alimentos

A emergência social é uma área de intervenção da Cruz Vermelha, com início na nossa Delegação em 2006, que se dedica a ajudar os mais desfavorecidos com a distribuição mensal de bens essenciais como alimentos e vestuário.

O principal objetivo é favorecer a inclusão social e promover um aumento significativo da qualidade de vida.

 

Ajudas Técnicas

A Delegação de Sobreira disponibiliza para aluguer e empréstimo de cadeiras de rodas, camas articuladas, canadianas e cadeirão.

 

Refugiados

Desde 2015 que a Cruz Vermelha Portuguesa tem vindo a alojar cidadãos requerentes de proteção internacional de várias nacionalidades, apoiando os seus processos de integração. A Delegação de Sobreira não ficou indiferente a esta necessidade crescente e acolheu em junho de 2019 uma família oriunda do Sudão constituída por cinco pessoas, dois adultos e três crianças.

Enquanto entidade de acolhimento a Delegação de Sobreira presta apoio na integração desta família na nossa sociedade. É responsável por assegurar o acesso a uma habitação condigna e adequada à dimensão do agregado, apoiar as necessidades básicas de vestuário e alimentação, assegurar o acesso aos cuidados de saúde e educação, bem como, à regularização dos processos na segurança social e finanças, apoiar a integração socioprofissional e a aprendizagem da língua portuguesa como língua não materna. Este apoio é prestado em articulação com a Cruz Vermelha Portuguesa, Alto Comissário para a Migrações e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Apoio social

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Breve Historial

Em 28 setembro de 2002 através do empenho e boa vontade de um conjunto de personalidades da freguesia de Sobreira foi criada a Cruz Vermelha Portuguesa – Núcleo de Sobreira instalada da cave do edifício da junta de freguesia da Sobreira. Pretendia colmatar diversas fragilidades e carências no tecido social do sul do concelho de Paredes, bem como manifestas insuficiências quanto aos meios disponíveis que permitam intervenções imediatas e eficazes a escalas geográficas muito finas.

É neste contexto que o Núcleo de Sobreira, cujo trabalho sendo totalmente desenvolvido em regime de voluntariado, cumpriu a 1 de novembro de 2008 um dos seus principais objetivos - alargar o horário de funcionamento para 24 horas por dia, 365 dias por ano. Tratou-se de suprir uma necessidade imperiosa de apoio permanente à população do sul do concelho.

Atualmente, com 17 anos de existência conta com cerca de 70 voluntários (40 voluntários de socorro; 20 voluntários da Juventude Cruz Vermelha e 10 voluntários do Apoio Geral), 9 colaboradores, 11 viaturas (2 tipo B – emergência; 1 tipo A1; 1 tipo A2 e 7 tipo VDTD) que prestam serviço a aproximadamente 13 000 habitantes das 4 freguesias do sul do concelho de Paredes, nomeadamente Sobreira, Recarei, Aguiar de Sousa e Parada de Todeia. Voluntários esses, que dedicam parte do seu tempo para que a oferta de meios e serviço seja o mais abrangente possível.

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Breve historial

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Direcção

Delegada Especial: Alberta Rodrigues

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Direcção

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Missão

A Delegação de Sobreira da Cruz Vermelha Portuguesa, com intervenção nas quatro freguesias do sul do concelho de Paredes, Sobreira, Recarei, Aguiar de Sousa e Parada de Todeia, desenvolve a sua missão, com base e obediência aos Estatutos da Cruz Vermelha Portuguesa e age em conformidade com as normas do Direito Internacional Humanitário.

Na presente conta com cerca de 80 voluntários que constituem uma equipa multidisciplinar e dinâmica que procura através de um conjunto de atividades e serviços, contribuir para “a defesa da vida, da saúde e da dignidade humana”, seguindo o lema que marca a origem da Cruz Vermelha e que faz a sua história que já conta com mais de 150 anos!

A Cruz Vermelha Portuguesa esforça-se para prevenir e aliviar o sofrimento humano, em Portugal e no mundo. Tem por objetivo melhorar as condições de existência das pessoas mais vulneráveis através da mobilização do poder da Humanidade e em conformidade com os Princípios Fundamentais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho: Humanidade, Imparcialidade, Independência, Neutralidade, Voluntariado, Unidade e Universalidade.

%AM, %10 %513 %2019 %11:%Jan.

Missão

%AM, %10 %503 %2019 %11:%Jan.

Contactos

Largo S Bartolomeu Edificio da junta de Freguesia
3500-538 Silgueiros

Tel: +351 232 959 539

Pág. 20 de 229
Powered by jms multisite for joomla